Geolocalização Geolocalização

[GUIA] Como funciona a geolocalização em aplicativos de ponto?

6 minutos para ler

Você já ouviu falar em geolocalização?

É muito comum vermos em filmes e séries de ação e espionagem o uso de ferramentas de rastreamento que são utilizadas para encontrar pessoas à distância. Embora esse tipo de tecnologia possa parecer algo reservado às telas de televisão e cinema, sistemas que permitem o rastreamento e a localização de pessoas, objetos, cargas e outros itens estão mais presentes no nosso dia a dia do que imaginamos!

É claro que ainda não temos chips implantados em nosso corpo que permitem que amigos e familiares nos encontrem em qualquer lugar do mundo, mas há uma série de aplicativos e sistemas que, ao estarem conectados à uma rede de internet, permitem identificar em que parte do mundo estamos: seja em nosso bairro, no trabalho, em diferentes países, etc.

A geolocalização pode ser utilizada de várias maneiras. Através de endereços de IP, coordenadas de GPS, identificadores de radiofrequência, conexão sem-fio, entre outros. Vários smartphones, inclusive, cada vez mais comuns entre a população, utilizam o GPS. Os próprios aplicativos de trânsito, como Google Maps, utilizam dados de geolocalização para calcular rotas e atualizar o fluxo de carros em tempo real.

Mas por que é importante saber tudo isso?

Bem, se você é um profissional que utiliza um sistema de controle de ponto online como o da mywork, provavelmente já se deparou com funcionalidades que foram criadas através da geolocalização. Ao longo deste artigo, vamos te explicar melhor o que é, de fato, a geolocalização e como essa tecnologia impacta no seu registro de ponto com a mywork. Também vamos te ajudar a solucionar problemas relacionados à esta ferramenta.

Se você está precisando de ajuda com a geolocalização do sistema da mywork, não se preocupe: ensinaremos um passo a passo de solução de problemas no final do artigo.

Vem com a gente!

O que é a Geolocalização?

A geolocalização é a determinação de uma localização a partir de coordenadas geográficas e o termo surgiu entre ambientes militares. De forma geral, portanto, a geolocalização é a tecnologia aplicada para encontrar uma pessoa, local ou objeto no mundo.

Apesar de ter surgido durante períodos de guerra, a tecnologia da geolocalização migrou gradativamente para muitas outras áreas comerciais e pessoais da sociedade. Muitas pessoas utilizam aplicativos de localização para compartilhar rotas de viagem, por exemplo, enquanto muitas empresas utilizam ferramentas de rastreamento para localizar pacotes e monitorar funcionários, etc.

As aplicações da geolocalização são inúmeras e a mais presente no dia a dia dos usuários da mywork são aquelas relacionadas às cercas virtuais. Vamos falar mais sobre elas na próxima seção.

O que são e como funcionam as cercas virtuais?

De forma simples, os sistemas de geolocalização mais eficientes utilizam GPS que determinam a localização de um ponto. As cercas virtuais nada mais são do que áreas delimitadoras de locais ao redor de um ou mais pontos.

Na mywork, as cercas virtuais são áreas circulares ao redor do local de trabalho dos colaboradores. Em outras palavras, são as áreas geográficas, determinadas pelos gestores, nas quais os colaboradores devem bater o ponto.

Os gestores que utilizam a mywork podem restringir a marcação de ponto para que esta seja feita apenas dentro do raio das cercas virtuais ou podem liberar o registro de ponto para onde o colaborador estiver, sem que seja necessário estar dentro de uma cerca.

Como criar uma cerca virtual?

Para criar uma cerca virtual no sistema de controle de ponto é muito simples. Acessando app.mywork.com.br, você deve seguir os seguintes passos:

  • Clique na aba “Segurança”, que tem como intuito permitir a fiscalização e visualização do gestor;
  • Clique na opção “GPS” para abrir a localização;
  • Clique sobre a região do mapa onde você quer que a cerca virtual seja criada. Lembre-se: é possível nomear e definir o raio da cerca virtual ao arrastar o cursor.
  • Quando terminar, basta clicar em “Ok” e pronto! Sua cerca está criada.

Para restringir que os colaboradores batam o ponto apenas dentro da cerca virtual, siga os seguintes passos após a criação da cerca:

  • Acesse a aba “Configurações” na plataforma;
  • Clique em “Permissões de cerca”;
  • Selecione a opção “Bloqueado” para restringir o local de marcação dos pontos apenas para o local pré-determinado.

Para liberar que os funcionários batam o ponto fora da cerca virtual, siga esta sequência:

  • Acesse a aba “Configurações” na plataforma;
  • Clique em “Permissões de cerca”;
  • Selecione a opção “Liberado” para liberar o local de marcação dos pontos.
  • Observação: Se quiser liberar a marcação de ponto, mas deseja receber notificações quando os funcionários baterem o ponto fora da cerca basta selecionar a opção “Liberado com aviso”.

Também é importante lembrar que todos os pontos batidos dentro da cerca virtual aparecerão no mapa em cor verde. É possível ver precisamente o local onde o ponto foi registrado, o endereço de IP, o local em que o funcionário registrou o ponto, etc.

Quando o funcionário tem permissão para bater o ponto fora da cerca (lembra? É a opção “liberado com aviso”), o ponto é indicado no mapa com a cor amarela.

Como solucionar problemas com a sua geolocalização?

Se você está tendo problemas com a geolocalização ou com as cercas virtuais, confira o passo a passo a seguir.

  • Verifique se seu celular suporta o uso de GPS;
  • Verifique se a localização está habilitada tanto para o celular quanto para o aplicativo de ponto. Isso deve ser feito nas configurações do seu celular;
  • Verifique se o aparelho está conectado a uma rede de internet wifi ou móvel (3G, 4G ou 5G);
  • Caso o problema persista, recomendamos que você apague o aplicativo e o instale novamente e clique em “Permitir localização” no app.
  • Se ainda estiver com problemas, entre em contato com nossa equipe de suporte.

Posts relacionados

Deixe um comentário