escala 6x1 escala 6x1

Como funciona a escala 6×1? Tudo que você precisa saber

8 minutos para ler

Existem vários tipos de escalas de trabalho que podem ser realizadas por um trabalhador, incluindo aquela conhecida como escala 6×1. Você já ouviu falar dela?

Muito utilizada nas atividades que precisam de funcionários aos finais de semana, essa escala de trabalho, assim como tantas outras, conta com uma série de regras para que seja realizada de forma correta.

Ao longo deste artigo, vamos te explicar como funciona a escala 6×1 e quais são as responsabilidades da empresa em relação aos trabalhadores que cumprem essa jornada de trabalho.

Quer saber mais sobre o assunto? Continue com a leitura!

O que é a escala 6×1?

A escala 6×1 de trabalho é aquela que determina que para cada 6 dias trabalhados, o colaborador tem direito a 1 dia de descanso. Daí a denominação “escala 6×1”, entendeu?

O artigo 58 da CLT diz que a duração diária da jornada de trabalho de um profissional com carteira assinada não pode passar de 8 horas diárias e o artigo 7º da Constituição Federal determina também que a jornada máxima deve ser de 44 horas semanais.

Isso implica que na escala 6×1 de trabalho, no qual o profissional trabalha durante 6 dias da semana, a jornada pode não ser a mesma todos os dias, pois é preciso respeitar esses limites definidos na legislação.

Legislação Trabalhista para escala 6×1

As normas da CLT dizem respeito às jornadas de trabalho e não especificamente às escalas realizadas, por isso, é importante ter conhecimento sobre as regras que organizam as jornadas de trabalho.

Relembrando:

  • O limite diário de horas de trabalho é de 8 horas;
  • O limite semanal de horas de trabalho é de 44 horas;
  • Todos os trabalhadores podem realizar, no máximo, 2 horas extras por dia;

Assim, é importante que o empregador e o empregado cheguem num acordo de forma a distribuir as horas de trabalho de forma que o limite diário de 8 horas e o semanal de 44 horas sejam devidamente respeitados.

Um acordo muito comum nesse tipo de jornada de trabalho é aquele em que o funcionário trabalha 8 horas por dia de segunda a sexta-feira e apenas 4 horas no sábado.

A escolha do melhor formato, no entanto, depende das necessidades da empresa e da flexibilidade de cada trabalhador.

Quais são as vantagens da escala 6×1 para a empresa?

Em alguns negócios, a escala de trabalho 6×1 pode trazer muitas vantagens para a empresa, pois facilita que o negócio funcione todos os dias da semana.

Isso é interessante especialmente para empreendimentos de atendimento ao público, como restaurantes, lojas, cafeterias, bares, etc.

Alguns outros benefícios da escala 6×1 são:

  • Atendimento ampliado ao cliente

Adaptar os serviços e produtos às necessidades dos clientes é uma estratégia extremamente utilizada por milhares de empresas. O modelo 6×1 de trabalho permite que a empresa ou estabelecimento continue funcionando durante os finais de semana e feriados, períodos que normalmente muitos negócios estão fechados.

Isso amplia as possibilidades de consumo aos clientes e garante que o atendimento será oferecido nessas datas.

  • Folgas em dias úteis

Interessante até mesmo para os colaboradores, a possibilidade de folgar e fechar o negócio em dias úteis pode ser uma grande vantagem para muitos empregadores e empregados.

Há situações que só podem ser resolvidas durante a semana, como compromissos bancários, e muitos trabalhadores se beneficiam da folga durante dias úteis para resolver tais compromissos sem empecilhos.

No caso de negócios que atuam com atendimento ao cliente, como é caso de restaurantes e bares, por exemplo, a possibilidade de fechar durante dias da semana é muito boa, pois nestes dias há menos movimento e demandas vindas de clientes. 

Muitos comércios costumam fechar às segundas-feiras e realizar a escala 6×1 de terça-feira à domingo.

  • Atingir metas em conformidade com a lei

A escala 6×1 traz a possibilidade de distribuir os dias de folga dos funcionários e manter o negócio funcionando todos os dias da semana.

Por isso, realizar um plantão de vendas ou oferecer almoço para os clientes durante todos os dias da semana pode ser uma prática comum do negócio que realiza essa escala de trabalho.

A grande vantagem é que, desde que os limites da lei sejam respeitados e os colaboradores sejam pagos corretamente, a empresa pode realizar esse regime de horas sem problemas.

escala 6x1

Como funcionam as folgas da jornada 6×1?

Conforme explicamos anteriormente, os funcionários que realizam a escala 6×1 trabalham durante seis dias da semana e descansam durante um, certo?

Essa folga pode acontecer em um dia fixo da semana (por exemplo, toda segunda-feira), ou pode variar de acordo com 1- as necessidades do negócio, 2- a convenção coletiva ou 3- o sindicato da categoria profissional.

Assim, vamos ao seguinte exemplo:

Se eu trabalho num restaurante e é determinado que minha jornada é 6×1 de terça-feira à domingo, então meu dia de folga é fixo, sempre às segundas-feiras.

Isso pode variar caso eu queira trocar meu turno de trabalho com um colega ou for solicitada a troca pela empresa, mas tudo depende do acordo firmado.

Se o restaurante fica aberto todos os dias e os funcionários realizam escalas diferentes, o meu dia de folga pode ser terça-feira, quarta-feira e assim por diante, desde que eu tenha pelo menos 1 dia para repousar.

É importante que a empresa tenha um controle de todas essas escalas de trabalho, para que ninguém exceda as horas de trabalho semanais permitidas e o descanso semanal remunerado seja respeitado.

O que acontece caso a folga seja desrespeitada?

Se o empregador desrespeitar o dia de folga do colaborador, há uma série de consequências trabalhistas. Quando a folga é desrespeitada e não há compensação, o empregador passa a dever ao colaborador o dobro do valor normal do descanso semanal remunerado.

Caso o funcionário seja demitido e se sinta prejudicado por não ter desfrutado de seu período de folga corretamente, ele poderá recorrer à Justiça do Trabalho e abrir um processo trabalhista para reivindicar seus direitos junto ao empregador.

O trabalhador tem direito às férias no regime 6×1?

Sim! Os funcionários que fazem escalas 6×1 têm direito a tirar férias.

De acordo com o artigo 129 da CLT, todos os trabalhadores têm direito a pelo menos um mês (ou trinta dias) de férias ao longo do ano.

O período de férias independe da escala de trabalho que é feita pelo colaborador. O que determina o direito às férias, na verdade, é o cumprimento de 12 meses consecutivos de trabalho na empresa.

Esse período de trabalho consecutivo que dá o direito aos 30 dias de férias é chamado de período aquisitivo e é um direito de todo trabalhador que tem carteira de trabalho assinada, independentemente do tipo de escala que realiza.

O que um controle de ponto digital pode influenciar na escala 6×1?

Você provavelmente já entendeu que a escala de trabalho 6×1 tem muitas particularidades que devem ser observadas pelas empresas que desejam adotar esse regime de trabalho, certo?

Há também uma série de fatores trabalhistas que precisam ser corretamente processados para garantir os direitos trabalhistas dos colaboradores que atuam nessa escala, como:

Sabemos que o uso de planilhas e sistemas de registro de ponto manuais são muito comuns nesse tipo de negócio, mas essas soluções já estão ultrapassadas (sem falar que demandam muito tempo dos gestores, né?).

Empregadores que têm um grande número de funcionários, ou que não querem pagar caro por sistemas de controle de jornada que exigem muita manutenção podem contar com sistemas de controle de ponto digital, como a mywork.

Um controle de ponto online permite que os colaboradores batam ponto do próprio celular ou através de um tablet, e isso facilita todo o processo de registro das jornadas de trabalho. 

Independentemente do tipo de negócio, o controle de ponto eletrônico é a solução mais prática, segura e barata para controlar qualquer tipo de jornada de trabalho, inclusive a 6×1.Clique aqui para testar o controle de ponto online da mywork, vamos te ajudar a organizar as rotinas do seu departamento pessoal.

Posts relacionados

Deixe um comentário