Entenda tudo sobre rastrear funcionários! Entenda tudo sobre rastrear funcionários!

Posso rastrear a localização de funcionários? Entenda a lei

6 minutos para ler

Muitas empresas que contam com equipes externas ou até mesmo aquelas que fazem home office se preocupam, inevitavelmente, com a possibilidade de localização de funcionários. Afinal, há situações em que o trabalhador precisa estar num local específico para realizar suas atividades, como é o caso de franquias, por exemplo.

Pense bem: há uma série de aplicativos de entretenimento que já utilizam tecnologias de localização para rastrear nossas atividades… E a gestão de pessoas não fica de fora de tais sistemas. Embora muitas pessoas ainda não saibam, há muitas ferramentas que permitem a um gestor rastrear a localização dos funcionários da empresa.

Os profissionais de RH já têm como aliados os sistemas de controle de ponto online que contam com ferramentas de geolocalização. O sistema de ponto online da mywork, por exemplo, utiliza a geolocalização para assegurar que a marcação de pontos dos colaboradores da sua empresa está sendo feita no local adequado.

Embora o uso de sistemas que permitem o rastreamento da localização de funcionários seja comum, ainda há gestores e empregadores que ficam receosos em adotar ferramentas que apresentam tal funcionalidade. Muitos se perguntam: “Mas eu posso rastrear a localização de funcionários da minha empresa?”.

Se você também se faz essa pergunta, não se preocupe. A mywork está aqui para resolver essa e outras dúvidas a respeito da localização de funcionários. Continue com a leitura!

O que é geolocalização?

A geolocalização, em termos gerais, é a determinação de um local a partir de coordenadas geográficas. Também pode ser entendida como a tecnologia usada para encontrar uma pessoa, um objeto ou um lugar.

Muitas ferramentas contemporâneas já utilizam a geolocalização como parte fundamental para seu funcionamento. Pense bem, quantas vezes você usou aplicativos para se orientar no trânsito ou acompanhar a entrega de uma encomenda? Essas atividades têm uma relação direta com a geolocalização, pois necessitam de um rastreamento.

Por que rastrear a localização de funcionários?

O uso da geolocalização também está sendo cada vez mais usado no monitoramento e rastreamento de funcionários pelas empresas, especialmente naquelas em que os colaboradores não trabalham fisicamente no escritório.

Há empresas em que funcionários viajam muito a trabalho ou que parte da equipe trabalha de forma remota, o que impede os colaboradores de fazer o registro de ponto na sede da organização. Alguns profissionais que trabalham durante a maior parte do tempo fora do escritório são:

  • Motoristas;
  • Arquitetos;
  • Profissionais de eventos;
  • Vendedores em lojas;
  • Engenheiros civis;
  • Equipes de construção;
  • Promotores de venda;
  • Entre outros.

Ademais, no cenário pós-pandemia, o crescimento de profissionais que passaram a trabalhar de forma totalmente remota foi muito significativo e muitas empresas precisaram se adaptar a esse novo modelo de trabalho. Uma das adaptações que surgiram foi justamente o uso de ferramentas de localização de funcionários.

O uso de ferramentas que rastreiam a localização das equipes é uma forma que muitos empregadores encontraram para assegurar que equipes que atuam fora das dependências da empresa estão cumprindo a jornada de trabalho e realizando suas atividades nos locais adequados.

A empresa pode rastrear a localização de funcionários?

Monitorar os funcionários é um direito garantido ao empregador pela lei, mas há limitações para o uso das ferramentas de monitoramento.

A principal regra que deve ser conhecida tanto por empregadores quanto pelos gestores responsáveis pelo monitoramento é que rastrear funcionários por câmera, microfone, GPS ou outras ferramentas deve ter como objetivo central regular a atividade do trabalhador.

Em outras palavras, o monitoramento dos funcionários só pode acontecer durante a jornada de trabalho, pois o empregador tem a obrigação de respeitar a privacidade e a intimidade dos funcionários. 

Além disso, o monitoramento deve ter uma justificativa adequada. Isso significa que o empregador deve comprovar que o rastreamento do funcionário contribui para a mensuração de variáveis relacionadas à atividade de trabalho.

Por exemplo, se o dono de um quiosque usa o rastreamento da localização para comprovar que o funcionário realmente estava em seu posto de trabalho quando bateu o ponto, trata-se de um uso justificado da ferramenta de monitoramento.

Vale mencionar que a empresa precisa documentar que os funcionários estão cientes e autorizam o monitoramento que será utilizado, seja este via celular, computador, entre outros. Também é preciso que o funcionário tenha a opção de ativar e desativar o rastreamento quando quiser.

Por fim, é importante lembrar que para o rastreamento de funcionários ser válido:

  • O funcionário deve ser contratado pela CLT. Caso o colaborador seja autônomo, o monitoramento pode caracterizar um vínculo empregatício e trazer problemas para a empresa;
  • O rastreamento deve ser aplicado para todos os colaboradores externos, sem distinção;
  • Independentemente se aparelho utilizado para monitoramento (celular, computador, etc) é da empresa ou do colaborador, a privacidade deve ser respeitada e a possibilidade de desligamento do rastreamento deve ser cumprida;
  • O monitoramento é uma forma de controle de jornada de trabalho, o que agrega a esta prática todas as regras de controle de horas.

Dessa forma, a empresa pode rastrear a localização de funcionários desde que essas regrinhas apresentadas anteriormente sejam respeitadas. Caso as determinações sejam desrespeitadas, a empresa pode sofrer com problemas sérios na justiça do trabalho.

Quais são as vantagens de rastrear atividades das equipes?

Agora que você já sabe o que diz a lei a respeito do rastreamento de equipes, vamos te mostrar algumas das principais vantagens de utilizar esse tipo de solução.

  • Evitar atrasos e faltas de funcionários;
  • Realizar uma gestão transparente;
  • Administrar com eficiência o deslocamento dos funcionários;
  • Modernizar as rotinas de monitoramento;
  • Registrar corretamente as horas trabalhadas;
  • Melhorar a integração entre gestores e funcionários

Como um controle de ponto online te ajuda a rastrear a localização de funcionários?

Como mencionamos no início deste artigo, muitos sistemas de controle de ponto online já contam com ferramentas de geolocalização que ajudam a identificar a localização dos funcionários que batem ponto por aplicativos. 

O uso desse tipo de solução ajuda gestores a acompanhar o dia a dia de suas equipes, incluindo os locais onde os pontos estão sendo registrados, as horas de entrada e saída dos colaboradores e a quantidade de horas trabalhadas. O sistema de ponto online da mywork, por exemplo, ajuda milhares de empresas diariamente com essas e outras atividades.  O controle de ponto online é uma ferramenta muito inovadora que, além de organizar uma série de rotinas do departamento pessoal, também ajuda as empresas a cumprirem as exigências da lei. Se você quer conhecer um sistema de ponto digital que revolucione o dia a dia da sua empresa, teste a mywork! Clique aqui e garanta um teste grátis de 15 dias.

Posts relacionados

Deixe um comentário