Como um banco de talentos ajuda no seu processo seletivo?

8 minutos para ler

Um banco de talentos é um arquivo, geralmente digital, que reúne informações pessoais e profissionais de diversas pessoas que já se candidataram a vagas de trabalho em uma empresa.

Ele é uma importante ferramenta que conecta profissionais que estão em busca de oportunidades no mercado de trabalho com empresas que buscam novos talentos para suas equipes.

Neste artigo, vamos te explicar mais sobre a importância do banco de talentos para processos seletivos. Leia mais!

O que é um banco de talentos?

Como mencionamos, o banco de talentos é o conjunto de informações e dados das pessoas que já foram candidatas a uma ou mais vagas de emprego numa empresa.

Entre tais informações, geralmente estão: nome, formação, experiências profissionais, telefone e e-mail para contato, especializações, etc. Trata-se, portanto, de um repositório de informações pessoais e profissionais.

Também é comum que os bancos de talentos reúnam informações de pessoas que já foram contratadas pela empresa e que podem ser consideradas aptas para novas oportunidades dentro da organização, como reestruturação de áreas ou expansão internacional, por exemplo.

Para que serve o banco de talentos?

Uma das grandes funções de um banco de talentos é armazenar e atualizar as informações sobre diversos profissionais para que a empresa possa procurar pelo currículo ideal quando novas vagas de emprego forem abertas. Ou seja, o banco de talentos serve para facilitar os processos de recrutamento e seleção dentro das organizações.

Quando a empresa tem um banco de talentos organizado e bem estruturado, é possível filtrar currículos e perfis de profissionais de acordo com necessidades específicas da empresa e da vaga, como tempo de experiência, área de atuação do profissional, especializações, etc.

O banco de talentos também têm a função de agilizar os processos seletivos das empresas, pois permite a consulta rápida de diversos candidatos competentes que podem ter interesse em preencher vagas da empresa.

Por que empresas abrem processos seletivos se já têm um banco de currículos?

A verdade é que o banco de talentos e o processo seletivo para uma vaga de trabalho são ferramentas que atuam em conjunto. Muitas empresas que têm bancos de talentos já organizados ainda sentem a necessidade de abrir processos seletivos externos para encontrar profissionais de setores diferentes daqueles que predominantemente fazem parte do banco de talentos.

Imagine que uma empresa focada em produção de cosméticos precise contratar um novo especialista em teste de qualidade, mas seu banco de talentos é predominantemente formado por profissionais da área de marketing. É preciso abrir um processo seletivo externo para avaliar novos perfis.

Ao mesmo tempo, há muitas empresas que já têm um banco de talentos com uma pluralidade grande de perfis, ou seja, com muitos currículos de várias áreas. Muitas vezes, nesse tipo de situação, não é preciso nem mesmo abrir novos processos seletivos, pois o RH já conta com uma ampla rede de profissionais que podem ser considerados e contratados para preencher a vaga em aberto.

Quais os benefícios de um banco de talentos?

Como você certamente já entendeu, o banco de talentos agiliza e facilita muitos processos que envolvem a contratação de novos funcionários numa empresa, mas ainda há vários outros benefícios que esta ferramenta pode trazer para a organização. A seguir, vamos destacar três deles:

  • Redução de custos

Muitos bancos de talentos podem ser organizados com o uso de softwares específicos para armazenamento e gestão de currículos, que funcionam como um grande banco de dados. Eles podem armazenar dados de mídias sociais, currículos, formulários, entre outros fatores que ajudam no mapeamento de perfis para vagas de emprego.

A empresa, ao apostar nesse tipo de solução, poupa gastos que seriam direcionados a novos processos seletivos a cada contratação, diminuindo os gastos com divulgação de vagas.

Aproveitar as informações de bancos de talentos automatizados tende a melhorar muito as dinâmicas de processos seletivos da sua empresa e tornar o processo de contratação mais harmônico.

  • Seleção adequada de perfis e competências

Quando a empresa conta com um banco de talentos organizado e otimizado, é muito mais fácil analisar os currículos de candidatos e fazer a triagem de perfis que melhor se enquadram nas exigências de uma determinada vaga.

Também é possível avaliar habilidades e competências específicas de cada um dos profissionais e outros fatores que podem ser determinantes para a contratação, como, por exemplo, a disponibilidade de viajar, caso a vaga exija essa flexibilidade do trabalhador.

Tudo isso facilita a identificação de perfis que podem cumprir os requisitos das vagas de emprego e a contratação assertiva de novos talentos.

  • Otimização do processo de seleção

Você já deve saber que uma das partes mais demoradas de qualquer contratação é justamente o processo seletivo, pois ele envolve o anúncio da vaga, o envio de currículos, a triagem de currículos, entrevistas, dinâmicas de grupo e individuais, conversas com gestores e, por fim, contratação do candidato e emissão de documentos admissionais.

O banco de talentos otimiza esse processo ao encurtar etapas, como a divulgação de vagas e envio de currículos, pois os profissionais de RH responsáveis pela triagem de perfis já terão os documentos de vários candidatos à disposição. Isso torna a seleção mais rápida e prática.

Como fazer um banco de currículos?

Agora que você entendeu tudo sobre a importância dos bancos de talentos, vamos te dar algumas dicas de como organizar esse conjunto de informações dentro da sua empresa.

  • Aposte em ferramentas digitais

Como dissemos acima, ter um banco de talentos digital é uma ótima forma de organizar e avaliar os melhores currículos que você pode considerar para uma vaga na empresa. Aposte em sistemas online para isso.

  • Atualize a lista de currículos constantemente

Mesmo que você não tenha vagas em aberto na empresa, sempre é interessante permitir que os profissionais enviem currículos e cartas de apresentação para seu banco de talentos, pois isso ajuda a criar uma ampla rede de perfis que podem ser chamados para entrevistas quando novas oportunidades surgirem na empresa.

Atrair profissionais para seu banco de currículos é uma atividade fortemente ligada ao employer branding, pois trata-se da estratégia de motivar talentos do mercado para a contratação por parte da empresa.

Ao mesmo tempo, é importante descartar currículos muito antigos ou que não tenham coerência com as necessidades da empresa.

  • Filtre e organize categorias no banco de dados

Organizar os currículos do banco de talentos em categorias (exemplo: profissionais de vendas, de marketing, de finanças, advogados, etc) economiza muito tempo de trabalho e de avaliação de currículos. Quando uma vaga em um determinado departamento for aberta, será mais fácil encontrar o perfil desejado dentro de categorias já destrinchadas.

Os filtros de currículos podem ajudar muito na seleção. Empresas que preferem contratar profissionais formados em determinada universidade ou que precisam de especialistas em um determinado assunto vão se beneficiar muito de filtros específicos que muitas ferramentas de bancos de talentos oferecem, como testes de fit cultural e treinamentos comportamentais.

  • Mantenha a atenção nas regras de contratação

O banco de talentos é uma poderosa ferramenta de seleção e recrutamento de candidatos, mas é importante ressaltar que em hipótese alguma esse recurso deve ser usado para impedir o acesso de um determinado candidato ou grupo de candidatos ao mercado de trabalho.

Assim, é imprescindível reforçar que basear a contratação em aparência, sexo, idade, orientação sexual, raça, cor, religião e outros fatores que não têm relação direta com a qualificação do profissional pode resultar em graves problemas jurídicos para a empresa.

Ao mesmo tempo, é importante que a empresa tenha em mãos toda a deocumentação necessária para formalizar a contratação de candidatos. Assinar a carteira de trabalho, determinar a jornada de trabalho do funcionário, fazer o pagamento correto de vale-refeição, vale-transporte e outros benefícios, bem como assegurar a gestão correta de adicionais e horas extras, são tarefas fundamentais em qualquer departamento de RH.

A mywork te ajuda a organizar essas e outras rotinas que se iniciam após a contratação de um novo funcionário. Clique aqui e teste nosso sistema gratuitamente durante 15 dias!

Posts relacionados

Deixe um comentário