Aquisição de Talentos Aquisição de Talentos

6 passos para potencializar sua aquisição de talentos

8 minutos para ler

A aquisição de talentos em uma empresa é uma das atividades mais essenciais exercidas pelo departamento de recursos humanos. 

Independentemente do tamanho da empresa ou de seu setor de atuação, preencher as equipes com profissionais qualificados para assumir as tarefas e responsabilidades diárias e que atendem as necessidades da organização é crucial para o sucesso dos negócios.

Com empresas cada vez mais competitivas no mercado de trabalho, o departamento pessoal é constantemente desafiado a aplicar novas práticas e técnicas de recrutamento e seleção para atrair novos candidatos a vagas que estão abertas na organização.

A aquisição de talentos é uma das inovações que surgiram a partir dessa necessidade constante de inovar em práticas de recrutamento. Esse é um processo complexo, pois além de identificar os profissionais mais qualificados para as posições disponíveis na empresa, também é preciso conquistá-los diante de um mercado cada vez mais agressivo em termos de ofertas e benefícios.

Ao longo deste artigo, vamos te ajudar a entender melhor o conceito da aquisição de talentos, suas principais características e diferenças em relação a processos de recrutamento.

Vamos lá?

O que é a aquisição de talentos e porque ela é diferente do recrutamento?

Como mencionamos anteriormente, a aquisição de talentos é uma nova forma de atrair os profissionais mais qualificados do mercado para a empresa. Esse é um processo feito de forma muito estratégica, ultrapassando o uso único de dinâmicas de seleção.

Como assim? Vamos entender melhor.

Um processo de recrutamento e seleção tradicional tem como objetivo principal preencher uma ou mais vagas em aberto na empresa. Embora seja uma prática comum e muito assertiva em muitas situações, o recrutamento pelo recrutamento não é tão estratégico quanto a aquisição de talentos.

Isso porque a aquisição de talentos é mais do que preencher uma posição em aberto. Essa prática é pensada de forma estratégica para solucionar um problema atual da empresa e antecipar problemas futuros.

Ou seja, além de solucionar a vaga aberta na organização, a aquisição de talentos (também chamada de Talent Acquisition) visa a contribuição do profissional na empresa no longo prazo.

Assim, a aquisição de talentos visa solucionar outros problemas, como a falta de profissionais capacitados para as vagas em questão e a alta rotatividade. Afinal, quando o processo é feito de forma correta, avalia-se também a construção de um plano de carreira para o profissional.

Essa prática, quando feita de forma correta, possibilita a formação de equipes que se encaixam bem tanto na cultura organizacional quanto nos desafios das vagas.

Como deve ser feita a aquisição de talentos?

Há uma série de etapas que podem ser seguidas para estruturar um processo de aquisição de talentos de sucesso. Nesta seção, vamos te mostrar os 6 passos fundamentais para potencializar esse processo.

Estratégia e planejamento

Como qualquer outro processo estratégico de tomada de decisão numa empresa, a aquisição de talentos deve ser planejada cuidadosamente para garantir o alinhamento entre os objetivos da empresa e os profissionais que integrarão a equipe.

Isso significa que é necessário um profundo conhecimento do mercado de trabalho, do setor de atuação da empresa, previsões de faturamento e de abertura de vagas ao longo do ano e de movimentações do mercado como um todo.

Segmentar a força de trabalho

Entender os diferentes segmentos da força de trabalho em cada mercado e no mercado de atuação da empresa, bem como as competências e habilidades técnicas e comportamentais que são esperadas para os profissionais da área é fundamental para o sucesso da estratégia de aquisição de talentos.

Trabalhar o employment branding

Definir a cultura organizacional e a imagem da empresa são tarefas essenciais para a aquisição de talentos, pois é isso que diferencia a organização das demais competidoras no mercado de trabalho.

O employment branding está relacionado especialmente à reputação da empresa como uma marca empregadora e pode ajudar a melhorar a percepção dos trabalhadores a respeito da organização.

Quanto mais destaque positivo a empresa tem diante do mercado de trabalho, maiores são as chances de atrair profissionais qualificados para seus processos seletivos. Tudo isso é construído com uma cultura sólida, oferta de benefícios atrativos, salários competitivos, etc.

Definir públicos

Essa etapa diz respeito ao perfil de profissionais que a empresa precisa atrair para determinadas vagas em aberto. É o momento de compreender e traçar a persona que deve ser impactada pelos esforços de seleção e recrutamento quando as novas oportunidades de trabalho forem divulgadas.

É essencial ter um entendimento completo das exigências de cada vaga e dos desafios diários que os trabalhadores enfrentarão. Também é o momento ideal de mapear onde os profissionais mais adequados e potencialmente relevantes para as vagas podem ser encontrados.

Gerenciar o relacionamento com os candidatos

Uma vez que os perfis são mapeados e os candidatos começam a ser prospectados pela empresa, é preciso criar uma comunicação clara e objetiva com os profissionais. 

Isso ajuda na consolidação de uma experiência positiva para os candidatos, pois é uma forma de demonstrar o cuidado da empresa com o processo de aquisição de talentos e com o bem-estar dos profissionais.

Além disso, uma comunicação clara e constante com os candidatos, mesmo com aqueles que não foram selecionados para as vagas, é uma boa forma de humanizar o processo de contratação de novos funcionários. Por isso é importante oferecer feedbacks constantes e avaliações personalizadas, quando possível.

Estabelecer e analisar métricas

Uma vez que o processo de aquisição de talentos se encerrou e as vagas foram preenchidas, é preciso acompanhar os indicadores chave que mensuram o sucesso da estratégia criada, pois isso ajuda na melhoria contínua dessa prática dentro da empresa. 

Mais do que isso, esse tipo de análise ajuda a melhorar a tomada de decisão em processos de recrutamento e seleção e a qualidade das admissões.

Por que é importante adquirir novos talentos?

A aquisição de talentos é um dos pilares mais cruciais para qualquer empresa, pois possibilita a formação de equipes multidisciplinares e alinhadas com os objetivos e propostas da organização.

Ademais, contratar novos colaboradores é uma tarefa comum para qualquer empresa que foca em desenvolvimento e crescimento, pois toda expansão de negócio exige a chegada de mais pessoas para auxiliar nas rotinas de trabalho e nas demandas que aumentarão.

Por essas razões, a aquisição de talentos é uma prática muito importante para as empresas que almejam crescimento e relevância no mercado de trabalho, já que o principal ativo de qualquer negócio é o capital humano e intelectual.

A aquisição de talentos também pode ajudar a reduzir o índice de turnover da empresa, já que é focada na atração de profissionais que têm mais tendência a construir uma carreira na organização.

O sistema de controle de ponto online da mywork pode te ajudar a identificar o índice de rotatividade de sua organização através do registro de faltas dos colaboradores. Teste a mywork gratuitamente por 15 dias clicando aqui!

Um relatório desenvolvido pela consultoria Cielo identificou 12 dimensões principais da aquisição de talentos, ou seja, as 12 principais ações que devem ser praticadas para garantir a alta performance no recrutamento de novos profissionais e a qualidade das contratações.

São elas:

  • Inovar para atender demandas da empresa;
  • Fornecer dados estratégicos para orientar as decisões da empresa;
  • Ter agilidade para acompanhar demandas do mercado;
  • Gerar conhecimento através da análise das necessidades de contratação da empresa vs. a disponibilidade de talentos no mercado de trabalho;
  • Realizar contratações de qualidade de forma constante;
  • Impactar nas grandes iniciativas da organização;
  • Comunicar o valor da marca empregadora;
  • Desenvolver estratégias compreensivas;
  • Promover experiências positivas para candidatos e gestores;
  • Simplificar as rotinas de recrutamento;
  • Usar dados do recrutamento em decisões estratégicas;
  • Aprimorar a capacidade de análise do processo de recrutamento.

Por que investir na aquisição de talentos?

Como você deve ter percebido, a aquisição de talentos é uma tarefa que deve ser desenvolvida de forma contínua, sempre visando a melhoria na qualidade das contratações e a construção de estratégias que reflitam as necessidades e oportunidades da empresa.

Atrair os melhores talentos diante do mercado de trabalho não é um trabalho eventual. Mesmo que a empresa não esteja contratando em um momento, é importante manter o radar ligado para identificar aqueles profissionais que podem ser abordados e atraídos quando novas oportunidades surgirem na organização.

Todo esse processo exige participação intensa do departamento de RH e de toda a empresa, pois é com as diversas equipes que os novos colaboradores irão se relacionar no dia a dia.

Assim, a aquisição de talentos é um investimento de médio e longo prazo que deve ser planejado e executado com calma, tomando cuidado para que a empresa e os gestores não cedam a pensamentos imediatistas que visam apenas o preenchimento de vagas em aberto. 

É preciso identificar necessidades atuais e futuras para que os melhores talentos possam ser identificados e fisgados.

Posts relacionados

Deixe um comentário